Após transição dos dois, homem e mulher trans se casam

0
158

A britânica Hannah Winterbourne, 31, nasceu biologicamente do sexo masculino, mas desde cedo descobriu que era uma mulher transexual ao perceber que sua mente e seu corpo não “conversavam” no mesmo gênero.

Já Jake Graf, 40, nasceu biologicamente do sexo feminino enquanto sua mente sempre se entendeu no masculino em tudo. Ou seja, ambos nasceram, foram diagnosticados transgêneros e conforme entenderam suas condições, realizaram suas transições, que nada mais é do que os diversos procedimentos estéticos e hormonais possíveis hoje em dia, que possibilitam que adaptem o corpo ao gênero real do cérebro.

Mulher trans e homem trans, heterossexuais e apaixonados.

Como já explicamos no Põe Na Roda em dezenas de vídeos, a identidade de gênero de uma pessoa é diferente da orientação sexual. Identidade de gênero seria “quem eu sou”, enquanto “orientação sexual” é “por quem me atraio”. Todos nós temos isso, independente de sermos transgêneros ou cisgêneros.

(continua abaixo)

Vídeo novo:




(continua abaixo)

Vídeo novo:




No caso de Hanah e Jake, a orientação sexual dos dois é heterossexual, ou seja, se atraem pelo gênero oposto ao próprio.

O casamento e as fotos pré-transição divulgadas pela imprensa.

Ai que, aos 40 anos, Graf trabalhava como ator já há alguns anos quando viu uma matéria com Hanah na imprensa, comentando seu excelente trabalho como capitã do exército local. Ao saber da história de Hanah, ele sentiu aquele amor a primeira vista e foi atrás de conhecê-la.

Ambos tinham uma amiga em comum, o que facilitou muito o primeiro contato. E foi então que começaram a namorar e o relacionamento vingou.

Agora, eles acabam de se casar consumando a união na última sexta-feira, 23 de março em Londres. A cerimônia teve com o tema de festa do branco, que para o casal transgênero foi algo “como um filme da Disney”.

Após a lua-de-mel, eles contaram ao jornal “The Sun” como foi a experiência: “Somos como qualquer casal de noivo e noiva.”, afirmou Hannah à imprensa. E completou: “Quando você faz a transição e conhece alguém novo e especial, é como se esquecesse todo o passado”.

Graf também falou sobre um fato curioso: a maior parte das pessoas sequer percebe que ambos são um casal transgênero se eles não tocarem no assunto. Para o futuro agora, além de seguirem juntos, é claro, eles ainda planejam aumentar a família com filhos, o que já estão tendo conversas sobre.

Lindo, né? Felicidades ao casal!


Veja também:


Comentários: