Grindr se desculpa por compartilhar status de HIV de usuários

0
93

Algumas semanas após ser noticiado que o Grindr estaria compartilhando dados privados de seus usuários, como por exemplo status de HIV, com empresas terceiras, a companhia finalmente admitiu o erro.

Embora a princípio, o aplicativo tenha dito que não fazia isso, depois de muitas críticas e início de uma investigação sobre o caso, eles voltaram atrás e pediram desculpas pelo fato oficialmente, inclusive lançando um vídeo falando disso. O conteúdo foi publicado no Twitter oficial da empresa:

(continua abaixo)

Vídeo novo:




(continua abaixo)

Vídeo novo:




Jack Harrison-Quintana, um dos integrantes da campanha do “Grindr pela Igualdade”, afirma no vídeo: “O Grindr nunca vendeu ou vai vender informações pessoais de seus usuários, especialmente status de HIV. Campeão em acessos da comunidade LGBT, o Grindr sabe e reconhece que isso é uma questão privada de cada pessoa e respeitamos esta decisão quer você publique isto em seu perfil ou esconda.”, garantiu ele.

Há um post na íntegra explicando melhor a situação no Tumblr oficial do aplicativo. Resumidamente, nele o Grindr garante que nunca vendeu estes dados, mas já permitiu sim o acesso por companhias como Apptimize e Localytics apenas para aprimorar serviços do próprio aplicativo. Segundo a nota, “Trabalhando com estes contratantes, usamos informações de usuários – como status publicado de HIV – mas apenas para criar novas funções como foi com o novo ‘alarme que lembra pessoas de realizar o teste de HIV’ e finalizam o texto garantindo que o Grindr continua sendo um espaço seguro para todos.

Veja também:

Comentários: