Pesquisa prova que homofóbicos são menos inteligentes

0
1112

Tem coisa que nem precisava de comprovação científica, mas como argumento é sempre válido a gente ter na manga, não é mesmo?

Este certamente é o caso de uma nova pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Queensland Na Austrália e que comprovou o óbvio: pessoas homofóbicas são menos inteligentes.

Segundo informações publicadas pela revista científica Galileu, este não é o primeiro estudo do tipo e que chega a mesma conclusão. Mas é se trata da primeira vez que se estuda o tema fora dos Estados Unidos chegando aos mesmos resultados.

(continua abaixo)

Vídeo novo:




(continua abaixo)

Vídeo novo:




Os pesquisadores envolvidos no estudo colheram dados de mais de 11 mil australianos entre 2012 e 2015, através de testes onde observavam habilidades cognitivas e também questionavam as atitudes destas pessoas em relação aos direitos humanos. A questão principal era se casais homoafetivos deveriam ou não ter os mesmos direitos que casais héteros.

O resultado provou que as pessoas com habilidades cognitivas, vulgo intelecto, mais desenvolvido, tendem a ser também mais tolerantes com o próximo e abertos a diversidade. Um dado relevante observado é que a tendência de ser mais preconceituoso conforme maior a ignorância ocorre independente da educação ou classe social do indivíduo. Ou seja, há ricos e pobres com ensino básico ou mestrado intolerantes e tolerantes. O que pega mesmo, é a inteligência da pessoa, que costuma corresponder também ao quesito tolerância da mesma.

“Pessoas com menor habilidade cognitiva consequentemente tem a tendência a serem mais preconceituosas conforme sugeriram os resultados”, afirmaram os pesquisadores.

Nada de novo, né gente?

Comentários: